Eckhart Tolle

Eckhart Tolle

Eckhart Tolle é autor de O Poder do Agora, O Poder do Silêncio, Praticando o Poder do Agora e o Despertar de uma Nova Consciência. Ele nasceu na alemanha, onde viveu até os 13 anos. Formado pela Universidade de Londres, tornou-se pesquisador e supervisor de pesquisas da Universidade de Cambridge. Aos 29 anos, passou por uma mudança espiritual que transformou sua vida. Mestre espiritual de renome internacional, realiza palestras sobre seus ensinamentos em todo o mundo. Vive em Vancouver, no Canadá.

“As soluções sempre aparecem quando saímos do pensamento
e ficamos em silêncio, absolutamente presentes, ainda que seja só por um instante.”

“… viver no AGORA é o melhor caminho para a felicidade e a iluminação.”

“Qualquer coisa da qual nos ressentimos no outro e à qual reagimos com intensidade também existe em nós.”

“É necessário que as coisas acabem, para que coisas novas aconteçam…”

”O prazer é sempre derivado de algo fora de você, ao passo que a alegria surge de dentro. O passado não tem poder sobre o momento presente. Você não pode encontrar-se, indo para o passado. Você pode encontrar a si mesmo, vindo para o presente.
Perceba profundamente que o momento presente é tudo que você tem. Faça AGORA o foco principal da sua vida.Conhecer a si mesmo como a consciência por trás da voz é a liberdade.”

“Quando cada célula do seu corpo estiver tão presente que você a sente vibrar de vida, e quando sentir cada momento dessa vida como sendo a alegria do Ser, então poderá dizer que está livre do tempo.O problema não são as contas de amanhã. A morte do corpo físico não é um problema. A perda do Agora é que é o problema, ou antes, a ilusão central que transforma uma mera situação, um simples acontecimento ou uma emoção, num problema pessoal e num sofrimento. A perda do Agora é a perda do Ser.Estar livre do tempo é estar livre da necessidade psicológica do passado para formar a sua identidade e do futuro para atingir a sua realização pessoal.O melhor indicador do seu nível de consciência é a maneira como lida com os desafios da vida quando eles surgem.”

”Onde quer que você esteja, esteja por inteiro.”

“Deixe que a Vida seja!”

“Sempre que você presta atenção em alguma coisa natural, em qualquer coisa que existe sem a intervenção humana, você sai da prisão do pensamento e de certa forma entra em conexão com o Ser no qual tudo o que é natural ainda existe”.

“Prestar atenção numa pedra, numa planta, num animal, não é pensar nele, mas simplesmente percebê-lo, tomar conhecimento dele. Então algo da essência desse elemento da natureza se transmite a você. Sentir a calma desse elemento faz com que o mesmo calmo desponte no seu interior. Você sente como ele repousa profundamente no Ser – unido ao que é e onde é. Ao se dar conta disso, você também é transportado de volta para um lugar de repouso no fundo do seu ser.
Veja como cada planta e cada animal é completo em si mesmos. Ao contrário dos seres humanos, eles não se dividem. Não precisam afirmar-se criando imagens de si mesmos, e por isso não precisam se preocupar em proteger e realçar essas imagens. O esquilo é ele mesmo. A rosa é ela mesma. Contemplar a natureza pode libertar você desse “eu” que é o grande causador de problemas.”

“A calma é nossa natureza essencial. O que é a calma? É o espaço interior ou a consciência onde as palavras desta página são assimiladas e se transformam em pensamentos.
Sem essa consciência, não haveria percepção, não haveria pensamentos nem mundo.

Você é essa consciência em forma de pessoa.”

“Quando você perde contato com sua calma interior, perde
contato com você mesmo. Quando perde esse contato,
fica perdido no mundo.

Sua mais íntima noção de si mesmo, de quem você é, não
pode ser separada da calma. Ela é o EU SOU, mais profundo do que seu nome e sua forma externa.”

“O equivalente ao barulho externo é o barulho interno do
pensamento. O equivalente ao silêncio externo é a calma interior.
Sempre que houver silêncio à sua volta, ouça-o. Isso significa: apenas
perceba-o. Preste atenção nele. Ouvir o silêncio desperta a dimensão de
calma que já existe dentro de você, porque é só através da calma que você
pode perceber o silêncio.
Veja que, quando percebe o silêncio à sua volta, você não está
pensando. Está consciente do silêncio, mas não está pensando.”

“Quando você percebe o silêncio, instala-se imediatamente uma calma alerta no seu interior. Você está presente. Nesses momentos você se liberta de milhares de anos de condicionamento humano e coletivo.”

“Olhe para uma árvore, uma flor, uma planta. Deixe sua atenção repousar nelas. Note como estão calmas, profundamente enraizadas no Ser. Deixe que a natureza lhe ensine o que é a calma.”

“O que quer que você lute, você fortalece, e o que você resiste, persiste.”

“Alguns ensinamentos espirituais dizem que todo sofrimento é, em última análise, uma ilusão, e isso é verdade.”

“A verdadeira inteligência atua silenciosamente. A calma é o lugar onde a criatividade e a solução dos problemas são encontrados.”